• Luciana Gomes

Viver de mentoria é para você?

Atualizado: Mar 22


Olá. Sou Luciana e, não sei se viver de mentoria é para você, não conheço suas habilidades, conhecimentos ou aspirações, mas o que posso te garantir é que, se você for um profissional liberal que já vive do seu conhecimento no presencial (com atendimentos individuais ou grupais), sua vida pode mudar drasticamente se experimentar o modelo de negócio híbrido.


Mas afinal o que é isso?


Raciocine comigo: Eu sou uma profissional que vende a minha hora todos os dias. Exemplo: sou uma nutricionista. Atendo diariamente no modelo “consultoria” (consultas no meu consultório). Todos os dias eu atendo uma média de 8 pessoas (partindo do raciocínio de que minha agenda está lotada com 04 pacientes pela manhã, e 04 pela tarde). Se eu cobrar 150,00 por consulta, uma conta rápida me mostra que tenho capacidade de ganhar R$ 1.200,00 por dia e R$ 26.400,00 por mês. Esse é o teto máximo de faturamento da minha empresa atuando no modelo de trabalho tradicional. Em contrapartida meus dias estão totalmente preenchidos e eu não terei tempo sequer para beber água, em aperfeiçoar só nas horas vagas, noites e finais de semana, o que quer dizer sacrificar momentos com a minha família e cuidados comigo mesma. É o preço. É?


Não sei você, mas faturar no máximo R$ 26.400,00 por mês trabalhando todos os dias o dia inteiro, não faz a minha cabeça. Afinal se tenho um consultório eu pago contas fixas, impostos, gasolina, estacionamento, etc. De quanto será o meu lucro liquido trabalhando todos os dias o dia todo? Não me entenda mal, eu amo o meu trabalho e fazer o que eu faço todos os dias o dia todo me deixa muito orgulhosa e feliz. Mas deixa eu te contar outra história.


Agora vamos conhecer Marcos*. Marcos é também um profissional liberal, advogado, que atua no seu escritório diariamente porém, Marcos possui uma diferença em relação à pessoa lá de cima: ele atua no formato digital híbrido. Como é isso?


Marcos possui um conhecimento, único, onde ele passou anos na faculdade se dedicando, depois se aperfeiçoando através de cursos, livros e principalmente, campo de batalha. Marcos já possui uma certa experiência na sua área e pode ser considerado um especialista. Diante disso, Marcos enxergou o quanto estaria desperdiçando tudo isso atuando em apenas um formato de entrega: o presencial individual (pessoas indo ao seu escritório em busca de auxílio nas suas causas).


Marcos entendeu que, com o conhecimento que ele já tinha, poderia ajudar muito mais pessoas, até de outras regiões do país, em outros formatos que não apenas o individual presencial. O que ele fez? Montou um modelo de negócio que, a partir do seu conhecimento foram desenvolvidas diversas soluções para sanar dores que as pessoas tinham e ele, poderia resolver.


Marcos então passou, além de atender os seus clientes individuais, a oferecer também mentorias online individuais e em grupo, para outros advogados em início de carreira, onde ele apontava os caminhos para resolver um problema difícil daqueles jovens, de forma fácil.


No livro da advocacia da vida Marcos já tinha lido até a página 10. Ele ensinava outros advogados que só tinham lido até a página 9. E recebia dinheiro por isso.

Cada grupo de Marcos era composto por no máximo 20 jovens advogados. Ele começou com três turmas online com encontros quinzenais durante 03 meses. A cada mês ele abria uma nova turma com apenas 20 vagas e ao final de três meses ele acompanhava três grupos. Essa era sua meta, 60 pessoas no máximo por mês.


Marcos começou estipulando um valor de inscrição de R$ 2.500,00 para três meses de acompanhamento com ele, o que lhe rendia R$ 50.000,00 de faturamento (lembrem que, os encontros são a cada 15 dias).

Como ele abria uma turma por mês, ao final de três meses ele passou a ter um faturamento mensal de R$ 150.000,00 para três encontros a cada 15 dias com seus mentorandos. Quando atingiu essa marca ele passou a ter uma pequena equipe de suporte para ajudá-lo no atendimento ao grupo de whatsapp. E assim Marcos descobriu esse novo mundo.


Logo em seguida ele lançou o seu grupo de assinaturas no Instagram (Close Friends) onde passou a rentabilizar com insights diários sobre o universo jurídico para jovens universitários ou recém-formados cobrando R$ 197,00 por ano ou 12x R$ 19,70, algum tempo depois ele lançou ebooks resolvendo dores pontuais e por fim, Marcos lançou o seu programa de formação online onde ele ensina jovens advogados a saírem de um ponto A onde estão hoje e chegarem no ponto B, tudo isso de um jeito fácil.


Marcos continua atendendo presencialmente, isso não mudou. Porém hoje ele tem escolhas. A partir da montagem de uma escada de produtos híbridos (presenciais e digitais), ele passou a ter o controle. Hoje ele atende os casos que ele quer atender, hoje ele tem fila de espera no presencial pois ele conquistou tanta autoridade que as pessoas o procuram diariamente porém, ele não depende mais disso para pagar os boletos afinal, tem outras fontes de receita e lucro, então ele só atende os casos que de fato ele poderá ajudar e valerá a pena para sua carreira. Ao diversificar suas entregas Marcos não apenas escalou os seus ganhos como valorizou o seu passe no presencial e consequentemente aumentou o seu ticket, e hoje cobra um valor bem maior para um trabalho presencial individualizado pois este ocupada o topo da sua escada, onde chamamos de produto high end ou de alto ticket.


Então eu te devolvo a pergunta: vale a pena viver de mentoria? Vale a pena atuar em um modelo de negócio híbrido?


Quem você quer ser e onde você quer estar nos próximos meses? Como a nutricionista que troca horas por dinheiro (volte alguns parágrafos para relembrar) ou como Marcos que hoje vive do seu propósito, atinge milhares de pessoas em todas as partes do Brasil e ao invés de vender horas, optou por exportar o seu conhecimento para várias embalagens e vendê-lo para quem precisa dele no formato que for mais adequado para cada público?


Pense sobre isso e, se o modelo híbrido fez sentido para você, temos uma comunidade no Telegram chamada #EmpreenderSemFronteiras. Ela é composta de gente honesta, batalhadora, que vive do seu conhecimento, ama o que faz, e quer aprender como passar para o próximo nível levando a sua missão mais longe através do marketing digital. Se você se identificou, basta clicar no botão para fazer do nosso reino encantado. É grátis ok?


QUERO FAZER PARTE DA COMUNIDADE


Te espero lá.


Com muito amor e energia,


Luciana Gomes

Comunicóloga, Empresária e Vendedora raiz

Conteúdos que podem te interessar

Posts Are Coming Soon
Stay tuned...

"Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus." (2 Co 3:5)

© 2020 ENCOM ESCOLA DE NEGÓCIOS EM COMUNICAÇÃO E MARKETING. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.